Olá! Aqui você vai conhecer o Algarve desde o litoral até ao alto da serra, praias, meio rural e muito mais....
ALGARVE - O SEGREDO MAIS FAMOSO DA EUROPA

quinta-feira, janeiro 6

17 comentários:

ANTÓNIO MANUEL SANTOS disse...

Este é o comentário do autor:
Trabalhos deste género parecem fáceis de realizar, mas não é assim como se imagina.
Materiais: uma máquina fotográfica; roteiros, pesquisas em bibliotecas; falar com pessoas mais antigas; ter o local objecto da história; escolher a música adequada ao tema e, finalmente, paciencia, muita paciencia para a formatação. Para quem não sabe, este tipo de trabalhos demoram cerca de duas semanas a fazer.
Os amigos e amigas bloguistas sabem perfeitamente disso.
Mas digo-vos com franqueza, o tempo passa a correr e lucramos imenso com isso: ficamos a conhecer e ou a reconhecer e enriquecemos de conhecimento.
Obrigado por me aturarem e mais ainda, obrigado pelos comentários que aqui vão deixando.
Cumprimentos.
António Santos (Tomanel)

Ângela disse...

Amigo Tomanel, falar do teu trabalho pra quê??? As palavras se esgotam depois de tantos pps realizados por ti e todos eles LINDÍSSIMOS. Enfim apenas uma palavra "MARAVILHOSO" o teu bom gosto, a tua sensibilidade são incriveis. ADOREI. Obg Ângela

Gisele Claudya disse...

Que lindo, meu amigo. fiquei uns dias em São Brás do Alportel mas ninguém me falou desse museu. Que pena! Mas hei de voltar lá e aí, visitarei tudo.
Agora, quando fizeres um pps sobre a cidade, me avisa, tá? ehehe
Beijocas

Anónimo disse...

Olá Antonio Santos.Parabens por este belo trabalho.É mais um a juntar a outros também muito bonitos.

A título de informação tenho a dizer que amanhã dia 8JAN,vou estar em Tavira no ex-CISMI.Fazemos 45 anos que fomos incorporados no exército e vai haver festa.
A organização do evento é da responsabilidade do NETO GOMES.
Um abraço
JM

Anónimo disse...

Parabéns pelo seu trabalho. JMCorreia

ANTÓNIO MANUEL SANTOS disse...

O COMENTÁRIO ABAIXO, diz respeito a um amigo virtual da net de nome José Brás Acúrcio
que nos dá uma explicação do que é a Aloe Vera
JBA informa:
1 - Envio mais um excelente trabalho de «Tomanel».
2 - Leiam as explicações que ele dá no texto deste mail, ou seja já a seguir.
3 - Também gostei muito de ver os Aloés, vulgarmente conhecidos por «Aloe Vera», cujo nome latino é «Alor Arborescens», os quais dão flor vermelha ou avermelhada, no Inverno, enquanto o «Aloe Vera» dá flor amarela, mas no Verão.
3.1 - Estes lindos cactos («Aloe Arborescens»), segundo o Frei Romano Zago,da «OFM», no seu livro «Câncer tem Cura!», 29ª. Edição, são aqueles que curam o cancro e só desta espécie, ou seja, do «Aloe Arborescens» há (transcrevo, parte da página: 18): «...O tipo de babosa (Babosa=Aloe arborescens) que aí se observa é Aloe arborescens, da qual existem 20 variantes...». O termo «Babosa» é o nome como ele é conhecido em alguns países, nomeadamente no Brasil e em Cabo Verde. O «Aloe Arborescens» pertence à «família das liliáceas» (pág. 52).
4 - Bem... pela quantidade de «Aloe Arborescens» que existe na Quinta do Lago», Algarve, sou levado a concluir de que os mesmos existem para negócio, ou seja para fazer o célebre «Xarope de Aloe Vera» (como é conhecido, embora se devesse chamar «Xarope de Aloe Arborescens), o qual eu também tomo.

Santos Oliveira disse...

António

Notável a tua abordagem neste designado Museu do Traje que mostra ser bem mais que o Traje, o que naquele espaço é exposto.
Contudo, o que interessa é o que se preservou da História do Algarve e em particular de Alportel.

Bem hajas pela iniciativa de abrir a porta para que possa apreciar a Arte e as Artes desse teu Algarve.

Quanto a trabalho, Amigo, não cansa quando se faz por gosto. Qualquer Obra Feita em prol da Comunidade, é sempre valorizada por aqueles a quem é dirigida.

Abraços, do
Santos Oliveira

Anónimo disse...

Reencaminhei e tenho a 1º reacção de uma Brasileira que gosta muito de Portugal
Abraço
FRezende




De: Gisele Claudya [mailto]
Enviada: sexta-feira, 7 de janeiro de 2011 18:54
Para: Undisclosed-Recipient:;
Assunto: COISAS DO NOSSO ALGARVE: MUSEU DO TRAJO EM SÃO BRÁS DE ALPORTEL

Mais informações sobre o meu querido Portugal
Dessa vez, sobre SÃO BRÁS DE ALPORTEL
Beijocas
Gisele

Anónimo disse...

Senhor António Santos.
Obrigado pela gentileza que tem ao me enviar tão bem documentados Powerpoints. São trabalhos destes que enriquecem culturalmente. Como sabe moro em Olhão. Todavia se não fosse o (Tomanel) continuava a desconhecer tanta coisa interessante que está ao pé da nossa porta e normalmente não ligamos.
Pego do Inferno, Arraial Ferreira Neto, Palácio de Estoi, A Ilha do Farol, As noites Brancas, e Ilha do Pico, só fiquei a conhecer depois de ver os seu magníficos trabalhos.
É de louvar todos aqueles como o senhor, que têm por passatempo a elaboração de Powerpoints. As suas fotos e textos dão bem uma ideia daquilo que há de bom para ver no nosso Algarve.
Os meus cumprimentos.
Fernando Santos.

Anónimo disse...

Obrigado. José Anonio España

Anónimo disse...

Bom, amigo, depois disto já não há mais nada a acrescentar.
Espero que me lembres sobre a publicação do próximo trabalho.
Cumprimentos de:
Carlos Manuel
Portalegre

Anónimo disse...

gracias por tantas cosas tuyas y bonitas que recibo, me encantan,e ilustran, eres un GENIO.
Alicia
Un abrazo

Manuel Luis disse...

É nacional e nunca e demais mostrar a nossa tradição! Reconheço o seu trabalho e o tempo dedicado.
Desejo-vos um excelente ano novo.

ANTÓNIO MANUEL SANTOS disse...

MAIS UM COMENTÁRIO QUE UM AMIGO MEU TEVE A AMABILIDADE DE ME ENVIAR POR E-MAIL, PELO QUE AQUI FICA O SEU TESTEMUNHO:
Caro António Manuel (Santos)

É sempre com agrado que vejo pessoas dedicadas de alma e coração ao nosso Algarve, pois o que verdadeiramente era nosso está em vias de extinção, situando-se em nichos de mercado restritos (como agora se usa dizer), e que só alguns teimam em manter vivos na memória, tais como os festejos do dia 1º de Maio de boa memória, que se realizam ainda felizmente em Alte e noutros pontos pitorescos do Algarve.
Não sei o que andam as nossas escolas a fazer, pois só vejo os jovens a abanar o capacete….
Ainda hoje de manhã vi um documentário na televisão sobre as ilha de malta, gozo e outra de que não me lembro o nome, autênticos paraísos mediterrânicos e que em certa medida lembram as nossas praias do Algarve, com a suas águas límpidas, o peixe fresco, mariscos e os campos com os seus vinhedos, oliveiras e mel delicioso, como aquele com que eu me deliciava nas alturas da sua extracção, lambendo os favos acabados de tirar das colmeias.
É de facto um mundo em desaparecimento, tal como o vemos hoje, louvadas sejam todos os esforços daqueles que teimam em manter as nossas tradições vivas para que as novas gerações tenham a possibilidade de as comtemplar, mais que não sejam em museus ou em paisagens protegidas da ganância humana.
Felizmente com a crise que atravessamos pode ser que a fúria construtora de mamarrachos e outros quejandos junto à costa vá desaparecendo.
Um grande abraço do ex-colega e amigo,
Jorge Guerreiro

Anónimo disse...

adorei e vemos logo que tem que haver alguma dedicação e muito amor. Alice

Anónimo disse...

Belas fotos.Gostei imenso.
Um abraço
Dias

Anónimo disse...

Maravilhoso seu trabalho! As fotos são perfeitas,vc esta de parabéns.abraços Joana